(((rádio lucweb))) : 14 nomes cômicos de duplas sertanejas que você precisa conhecer

5 de out de 2013

14 nomes cômicos de duplas sertanejas que você precisa conhecer

Gente, muito  bacana essa matéria  do site http://pensarenlouquece.com e não podia deixar passar
Vampiros, marcas de cigarro e portadores de magia são algumas das inspirações desses criativos cantores
Por Leonardo Rocha em 04/10/2013

Fonte da imagem: Reprodução/Mercado Livre




Em tempos de “Camaro amarelo”, “Tchu Tchá Tchá”, 
“Ai se eu te pego” e “Meteoro da Paixão”,
 muitas vezes nos esquecemos que não é de hoje
 que o sertanejo faz a moda no mundo da música.
 Mas mesmo com todo o sucesso regional,
 algumas grandes personalidades desse ritmo popular acabam não ganhando o devido reconhecimento. A seguir, reunimos os 14 nomes de duplas sertanejas de sucesso que você provavelmente não conhece.

1 – Conde e Drácula
Como se não bastasse o nome pitoresco, a dupla ainda gravou uma moda de viola baseada no poema “O Corvo”, clássico de Edgar Allan Poe (clique aqui para ouvir).


2 – Jacklane e Manda Brasa
Nome, capa e repertório musical. Tudo nesse conjunto indica que vem coisa boa por aí. Duvida? Clique aqui e ouça o incendiário hit, “Toco Cru Pegando Fogo”.


3 – Marlboro e Hollywood
Em seu programa de TV, o animador Edson “Bolinha” Cury usou palavras inspiradoras e singelas para apresentar os músicos de Goiás: “a dupla tem um nome super conhecido; ou, pelo menos, super fumado”. 


4 – Prefferido e Prediletto
Enquanto visitavam uma estação de rádio, o locutor disse a um dos sertanejos que “você é o meu cantor preferido”, antes de emendar ao outro com um “e você é o meu cantor predileto”. Lisonjeados, eles adotaram o nome e se esforçaram para fazer jus a ele e criaram sucessos como “Funcionária”, canção que conta a história de um chefe incapaz de demitir uma subordinada incompetente por estar morrendo de paixão por ela (clique aqui para conferir).


5 – Domyngo e Feryado
Apesar de ter um nome que faz menção aos dias mais preguiçosos da semana, ignorando agrafya alternatyva, o conjunto não poupou trabalho para produzir canções icônicas. Confira faixas como “Somente Tu” e a ufanista “Nossa Mensagem”.




6 – Feitiço e Feiticeiro
A pesar da conclusão lógica, esses cantores não ficaram famosos por lançarem um ao outro durante os shows. Comece conhecendo o estilo do duo místico com “Madrasta Mãe” e depois se deixe levar pela magia de músicas como “O Homem de Piripiri”, “Marido Só no Documento” e “Cama Redonda”.




7 – Poliglota e Porta-Voz
O nome já diz tudo sobre essa dupla versátil e boa de prosa. Confira a regravação deles do clássico “Índia” (clicando aqui) para tirar a prova – ou não.



8 – Simpatia e Gente Fina
Nunca julgue um livro pela capa, pois certamente esse conjunto de aparência carrancuda faz jus à alcunha. A única dúvida é saber por que Simpatia e Gente Fina são conhecidos como “a dupla do pois é”.



9 – Sorriso e Sincero
A pesar do nome simpático, a dupla é o exemplo vivo de que não basta uma boa primeira impressão para conseguir um relacionamento duradouro, como podemos ver pelas músicas “Quem Me Ama Vai Embora” e “Separados na Cama”.





10 – Abel e Caim
O sertanejo fez bem à família desses cantores e os ajudou a superar os bíblicos constrangimentos fratricidas. Clique aqui para conferir todo o amor familiar da dupla na canção “Mãe Amorosa”.



11 – Zum e Zito


Não é somente no nome quase onomatopeico que esse conjunto produz sons bacanas. Confira aqui a empolgação de “Amor Rebelde”, que chega à fronteira entre sertanejo e bolero.



12 – Zezinho e Zorinho

Quando não estão ocupados protagonizando piadas dignas da TV brasileira, o duo se ocupa tocando modas clássicas de viola, do tipo que costumava embalar as festas juninas de antigamente. É o caso de “Tua Mágoa”, que você pode conferir aqui.


13 – Caçula e Marinheiro


Apostando em seu visual, digamos, único, a dupla deixou o medo de polêmicas de lado com o seu álbum “Eu Me Comparo a Jesus”. Entenda a analogia da canção no vídeo abaixo.

14 – Lírio e Lário

Não se sabe ao certo a origem da alcunha, mas há altas chances de que tenha surgido de um trocadilho com o nome de um deles, que deve se chamar Hilário. Veja se encontra a graça da dupla na sua ode a relacionamentos tempestuosos que sempre solucionam os problemas na cama, “Dez Dias por Mês” (clique aqui).


Certamente há incontáveis duplas sertanejas que não foram mencionadas, como a sensação da internet Nemly e Nemlerey. Sabe de algum outro grande ícone de pouca fama do gênero? Deixe sua contribuição nos comentários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário