(((rádio lucweb))) : Saiba o que não ficou pronto para a copa do mundo de 2014!

23 de jun de 2014

Saiba o que não ficou pronto para a copa do mundo de 2014!

Salvador (BA) - Aeroporto Deputado Luís Eduardo Magalhães

As obras do terminal de passageiros foram interrompidas e o cronograma será redefinido somente após o término da Copa, segundo a Infraero. A torre de controle também não foi concluída e a instalação do sistema pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), órgão da Aeronáutica, só poderá ser feita após a conclusão.

         Confins (MG) - Aeroporto Internacional Tancredo Neves

A previsão de entrega da praça de alimentação do aeroporto com todos os estabelecimentos funcionando era para maio deste ano, bem antes do início do Mundial. No entanto, segundo a Infraero, houve atraso e um estabelecimento ainda não abriu

Manaus (AM) - Reforma do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes

Parte das obras foi entregue em maio, porém a reforma de salas de embarque, da praça de alimentação e do estacionamento não foi concluída e só terá o cronograma redefinido após a Copa, segundo a Infraero. O investimento na obra foi de 445 milhões de reais

Campinas (SP) - Novo terminal do Aeroporto de Viracopos

O novo terminal do Aeroporto Internacional de Viracopos s´p deve ser concluído e outubro, segundo a Secretaria de Aviação Civil. Por enquanto, há uma ala recém-construída do terminal usada exclusivamente para o desembarque das seleções da Costa do Marfim, Japão, Argélia e Portugal para a Copa do Mundo.

Fortaleza (CE) - Ampliação do Aeroporto Internacional Pinto Martins

Devido à não-conclusão das obras de ampliação do terminal de passageiros, a Infraero instalou um terminal temporário para suprir a demanda na época da Copa. Além disso, a empresa revogou um contrato com o consórcio construtor e disse que está tratando a retomada dos trabalhos

Curitiba (PR) - Construção do Corredor Aeroporto-Rodoviária

As obras do corredor, que tinham previsão de conclusão para maio, tiveram contratos rescindidos e passaram por relicitação. Elas foram divididas em duas partes: uma sob responsabilidade da prefeitura e outra do governo. A parte que compreende o trecho entre a divisa de Curitiba até a rodoviária foi entregue no último sábado pela prefeitura. No entanto, a parte sob reponsabilidade do governo – da divisa até o aeroporto - ainda não foi concluída

Porto Alegre (RS) - Corredor da Terceira Perimetral

Para desafogar as principais vias da cidade, o projeto criado compreende a construção de cinco viadutos e três passagens subterrâneas. A obra teve início com dois meses de atraso, em maio de 2013 

Belo Horizonte (MG) - Implantação do BRT da Av. Pedro I

O cronograma de obras do Bus Rapid Transit (BRT) atrasou e o trecho que vai da Avenida Pedro I até o Terminal Vilarinho ainda não ficou pronto. Somente o trecho da avenida Antônio Carlos foi entregue.

Recife (PE) - Implantação do BRT

Mesmo com o início das operações em 7 de junho, antes do Mundial, somente duas das quinze estações foram entregues. O governo de Pernambuco diz que problemas com desapropriação e as chuvas foram responsáveis pelo atraso das obras. As novas previsões indicam a entrega das sete estações que compõem o Corredor Leste-Oeste em agosto, além das oito estações do Corredor Note-Sul que devem ser entregues em outubro.

Cuiabá (MT) - Contrução do VLT

O investimento para a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos em Cuiabá consumiu mais da metade (1,5 bilhões de reais) do orçamento de 2,3 bilhões de reais para as obras da Copa. Além disso, o sistema só deve entrar em operação em 2015. Quarenta trens foram encomendados pelo governo de Mato Grosso e, até 8 de junho, havia somente 29 composições no pátio de estacionamento

fonte: http://veja.abril.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário