(((rádio lucweb))) : Sam Smith e Beyoncé lideram nomeações ao Grammy

5 de dez de 2014

Sam Smith e Beyoncé lideram nomeações ao Grammy


O novato Sam Smith e a estrela Beyoncé lideraram nesta sexta-feira as nomeações ao Grammy, o maior prêmio de música dos Estados Unidos, do qual também participam, nas categorias latinas, Calle 13, Juanes e Jorge Drexler.
Smith, um jovem britânico que emergiu com força este ano com sua canção "Stay With Me", foi indicado a cinco prêmios, embora ainda não tenham informado os candidatos à categoria mais importante, Álbum do ano.
"Cinco nomeações ao Grammy! O que está acontecendo?" - publicou Smith no Twitter.
Beyoncé, que ganhou seis prêmios Grammy em 2010, foi indicada também em cinco categorias por seu álbum homônimo, que inclui o sucesso "Drunk in Love", em que canta em conjunto com seu marido, o rapper Jay Z.
Sam Smith é o único homem nomeado à Gravação do ano. Competem com ele a rapper e modelo Iggy Azalea, com o primeiro sucesso que coloca no mercado, "Fancy"; Meghan Trainor, com "All About That Bass"; Taylor Swift, com "Shake It Off", e Sia, que conseguiu sua primeira nomeação depois de duas décadas de carreira, com "Chandelier".
As músicas indicadas à Canção do ano são "Take Me To Church", de Hozier, e as já citadas de Trainor, Sia, Swift, Sam Smith e Azalea.
Os dois últimos também competirão na categoria Melhor artista revelação, assim como Brandy Clark, Haim e Bastille.
A banda U2, que já fez história como o grupo mais indicado ao Grammy, também participará do evento na categoria de Melhor álbum de rock com "Songs of Innocence". O disco foi lançado de forma polêmica no iTunes em setembro deste ano, gerando protestos entre usuários que o consideraram uma imposição.
publicidade

Competirão com o U2 os veteranos roqueiros Tom Petty & The Heart Breakers, o aclamado Beck, a banda de garagem The Black Keys e o músico e produtor alternativo Ryan Adams.
Enquanto isso, Beyoncé, que não entrou nas principais categorias, disputará o prêmio de Melhor álbum urbano contemporâneo com Pharrell Williams, Chris Brown, Mali Music e Jhené Aiko.
O sucesso viral de Farrel, "Happy" (nomeado ao Oscar este ano como canção original do filme "Meu Malvado Favorito 2") foi lançado muito tarde para entrar na competição, mas o artista editou uma versão ao vivo que se qualifica e foi indicada em duas categorias.
A Academia destina algumas categorias à música latina, assim como reserva lugar para a música cristã, tradicional, gospel e instrumental.
Como Melhor álbum latino de rock, urbano e contemporâneo, competem "Multiviral", dos porto-riquenhos Calle 13; "Detrás de la máquina", dos colombianos Chocquibtown; "Bailar en la cueva", do uruguaio Jorge Drexler; "Agua Maldita", dos colombianos Molotov, e "Vengo", da chilena Ana Tijoux.
"Viva a Colômbia! Viva a música feita com o coração!" - vibrou em sua conta do Facebook Chocquibtown, uma banda do Pacífico colombiano.
Na categoria de Melhor álbum latino pop vão competir "Tangos", de Rubén Blades; "Elypse", de Camila; "Raíz", de Lila Downs, Niña Pastory e Soledad; "Loco de Amor", de Juanes, e "Gracias por estar aquí", de Marco Antonio Solís.
"Saindo do avião com essa grande notícia", publicou o colombiano Juanes em sua conta no Twitter.
Outros nomeados em categorias latinas do Grammy são Vicente Fernández, Carlos Vives, Totó La Momposina e Pepe Aguilar.
A cerimônia de entrega dos Grammy acontecerá no dia 8 de fevereiro, em Los Angeles.
No ano passado, a noite foi dominada pela dupla francesa de música eletrônica Daft Punk e pelos rappers Macklemore e Ryan Lewis.
A lista completa dos nomeados pode ser vista em: http://www.grammy.com/nominees.

Nenhum comentário:

Postar um comentário