(((rádio lucweb))) : cachorros,WhatsApp bloqueado até no Wi-Fi!!

17 de dez de 2015

cachorros,WhatsApp bloqueado até no Wi-Fi!!

O bloqueio do WhatsApp afeta também os usuários que estavam conectados por meio da rede Wi-Fi. Inicialmente, a informação que se tinha era de que as operadoras de telefonia celular iriam suspender a troca de mensagens nas redes 3G e 4G. No entanto, operadoras de banda larga – responsáveis pelo Wi-Fi – também deixaram o WhatsApp offline a partir da meia-noite.
A determinação judicial sobre o bloqueio do WhatsApp tornou-se conhecida nesta quarta-feira (16). A intimação cita a Vivo, TIM, Claro e Oi – as maiores operadoras nacionais –, além da Sercomtel e Algar Telecom. Havia o entendimento de que estas empresas suspenderiam o uso aplicativo pelo prazo de 48 horas somente nas redes de telefonia celular, com o Wi-Fi preservado.

WhatsApp (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)
 

Por que o Wi-Fi saiu do ar?
As mesmas empresas são donas da banda larga utilizada pela maioria dos brasileiros. Por exemplo, a Vivo detém o Speedy; a Oi tem Oi Velox; a TIM oferece o Live TIM. Com isso, o relato de internautas confirma que as operadoras cumprem a decisão judicial em todas as frentes: na rede celular e na rede cabeada, de onde vem o sinal para o Wi-Fi.

Também nas redes sociais, assinantes da NET e da GVT questionam o motivo de o WhatsApp ter saído do ar. Embora as empresas não tenham se manifestado sobre o tema, é sabido que a NET é uma empresa da America Móvil (assim como a Claro, citada na intimação) e a GVT faz parte do grupo econômico da Vivo (também citada no documento)

Enquanto o WhatsApp fica indisponível, uma das opções para continuar batendo papo com os amigos é o Telegram. A empresa reconheceu que teve um pico de cadastro de brasileiros durante a noite de quarta. O Telegram tem envio de áudio e fotos, e também permite mandar mensagens que desaparecem depois de alguns segundos – assim como o Snapchat.

Fundador do WhatsApp lamenta

Depois de uma tarde e noite de silêncio, o WhatsApp se manifestou sobre o assunto. Seu criador, Jan Koum, afirmou que está desapontado” com a decisão de bloquear o app, “uma ferramenta de comunicação que tantos brasileiros passaram a depender, e triste por ver o Brasil se isolar do restante do mundo”.

fonte:http://www.techtudo.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário