(((rádio lucweb))) : ATORES QUE MORRERAM ENQUANTO ESTAVAM NO AR

17 de set de 2016

ATORES QUE MORRERAM ENQUANTO ESTAVAM NO AR



Assim como Domingos Montagner, de Velho Chico, outros atores e autores morreram enquanto estavam no ar em novelas ou minisséries. Confira alguns deles:

Umberto Magnani
Na mesma trama, Umberto Magnani, o padre Romão, se despediu em 27 de abril deste ano, aos 75 anos. O ator sofreu um Acidente Vascular Cerebral no dia do aniversário. Ele foi substituído por Carlos Vereza na trama de Benedito Ruy Barbosa.

Jardel Filho
Em fevereiro de 1983, Jardel Filho era um dos protagonistas da novelaSol de verão, de Manoel Carlos. Aos 56 anos, ele teve um ataque cardíaco fulminante . A morte do intérprete do mecânico Heitor chocou o país e mudou os rumos da novela. Os colegas e Manoel Carlos fizeram uma homenagem após a última cena de Heitor ser veiculada. Emocionado, GianFrancesco Guarnieri leu um texto em que dizia, entre outras coisas, que 'quando morre um ator, morrem tantas pessoas com ele'. Com a perda do amigo, Manoel Carlos não teve condições emocionais de assinar os últimos capítulos de Sol de verão. Os 17 episódios finais foram escritos em conjunto por Guarnieri e Lauro César Muniz.

Daniella Perez
Faltavam dois dias para o fim de 1992, quando a atriz e bailarina Daniella Perez foi assassinada a facas por Guilherme de Pádua e por Paula Nogueira Thomaz (hoje Paula Nogueira Peixoto). Aos 22 anos, ela era uma promissora atriz e estava no ar como Yasmin em De corpo e alma, novela escrita pela mãe dela, Glória Perez. O motivo do crime foi o ciúme que Paula sentia de Guilherme, par romântico da atriz no folhetim. Após ser levada ao ar a última cena da atriz na novela, colegas como Cristiana Oliveira apareceram se despedindo da jovem. A saída da sua personagem na novela De corpo e alma foi explicada com uma viagem de estudos ao exterior, e o personagem do ator Guilherme de Pádua deixou de existir. Yasmin viajou para dançar no exterior.

Sergio Cardoso
Um dos atores mais importantes das décadas de 1960 e 1970 no teatro e na televisão, Sergio Cardoso morreu em 1972, aos 47 anos, a 28 dias do fim da novela O primeiro amor, na qual interpretava Luciano. O personagem terminou a trama sendo defendido por Leonardo Villar. Mais de 20 mil pessoas acompanharam o enterro e o velório de Sergio Cardoso. Hoje o ator dá nome a um teatro, no Rio de Janeiro.

Janete Clair
A maga das telenovelas brasileiras morreu como gostava: criando histórias fantásticas. Quando Janete Clair morreu, aos 58 anos, em 16 de novembro de 1983, devido a um câncer no intestino, ela havia escrito 60 capítulos de Eu prometo. Colaboradora da trama, Glória Perez assumiu a história como titular.

Rogério Cardoso
Em julho de 2003, o ator Rogério Cardoso morreu vítima de um ataque cardíaco fulminante. Aos 66 anos de idade, ele era um dos destaques do elenco do seriado A grande família, como Seu Floriano. No dia seguinte à morte dele, o seriado terminou com uma homenagem na qual o elenco aparecia como se estivesse num retrato de família. Intérprete de Bebel, Guta Stresser era uma das mais emocionadas.

Lauro Corona
Na reta final de Vida nova, em julho de 1989, um dos protagonistas da novela, Lauro Corona morreu em decorrência de complicações da Aids. Ele tinha 32 anos e interpretava o português Manoel Vitor. Na última cena, Manoel parte para Portugal debaixo de chuva torrencial ao som de um poema de Fernando Pessoa sendo recitado em off.

Mirian Pires
Aos 77 anos, a atriz Miriam Pires foi afastada de Senhora do destino, novela na qual ela viveu Clementina. A razão foi uma toxoplasmose. Depois de muitos dias internada na UTI, Miriam morreu devido a falência múltipla de órgãos. Ela faleceu em 7 de setembro de 2004.

                                                      fonte: Vinicius Nader  http://www.correiobraziliense.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário